Testo


Namo Kuan Shih Yin Pu Sa
Fatima dos Anjos - Portal Arco Íris


Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris - Kuan Yin

sexta-feira, 26 de maio de 2017

O CAMINHO DO CORAÇÃO

“O que poderia ser a voz do coração? Como poderíamos reconhe­cê-la e acessá-la, em nossas experiências individuais? Quais são e de onde vêm as vozes que atualmente escutamos em nossas caminhadas por este planeta Terra? Certamente, que todos nós escutamos vozes. Sejam as nossas mes­mas ininterruptamente, ocupando as nossas mentes em análises e pen­samentos que preenchem grandes partes de nossas vidas. Sejam as que vêm do mundo externo, através dos outros seres humanos ou mesmo dos diversos elementos que compõem as realidades que vivenciamos. Há vozes fluindo por toda a nossa experiência terrestre.

Dizem alguns sábios, que mesmo no silêncio profundo há a presença da voz mais ele­vada da Fonte que tudo cria em comunicação permanente conosco. Precisaríamos reservar um bom tempo de nossas vidas para nos dedicarmos a um diagnóstico preciso sobre qual é a verdadeira voz de nossos corações.

Diante um mundo externo tão confuso, turbulento e mesclado não é de se admirar que um ser humano não saiba mais re­conhecer a voz do seu próprio coração.

 A falta de sensibilidade à sua própria natureza é um fato real que aplaca o atual estado de grande parte desta humanidade planetária. Há um caos visível, não só fora da consciência humana, mas presente na contraparte interna dos seres mais ignorantes que não sabem se harmonizar. E sem esta harmonia, ou pelo menos uma busca mais sincera e determinada por ela, não há como a voz do coração tornar-se audível. Principalmente a mente se faz aberta às energias mais sutis que bloqueiam, distorcem ou poluem a voz mais pura que fala através do coração.

Muito feeling é necessário para que refis possam reter estas vozes impostoras que obstruem um caminho mais límpido e lúcido a uma jornada mais harmônica. Não há regras definidas, práticas exatas, posições pré-determina­das, yogas mirabolantes, orações miraculosas ou mantras atualizados.
A voz do coração segue uma ordem individual de Deus para com cada um de seus filhos. Somente cada ser saberá quando a voz do seu pró­prio coração terá se anunciado e evocado a mensagem fidedigna para aquele momentum. É certo que esta voz existe, e que ela difere em tom e graça sobre todas as outras vozes acessíveis ao ser humano. Poucos ainda o acessam, mas muitos se libertaram através dela. Não que deve­mos negar as existências e os propósitos de outras vozes, mas podemos arremetê-las redimensionando-as todas ao julgo de nossos corações e, assim, aguardarmos a síntese que emergirá de sua sábia conclusão.


Quem já o faz sabe do seu potencial, da sua magia e da manifestação transcendental que altera as relações de suas vidas para este planeta. É a voz a ser seguida, além da razão e dos conceitos que subexistem numa vida inferior [...] Escutemos a nós mesmos e percebamos que há um ponto interno, via coração, onde todos nós estamos interligados e onde cada elemento da existência externa se encaixa perfeitamente nos propósitos emanados pela Fonte. E ai daquele que despreze “o mundo dos céus” conduzindo um coração humano na Terra, sem lhes dar a devida atenção. O Amor Sabedoria celestial desce somente nas consciências daqueles que têm co­ragem (etimologicamente do francês “couer + age”, agir com o coração).”    (Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs 267, 268 e 272, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011)


“A síntese entre o abstrato e o racional realiza-se no centro do coração. A sabedoria habita o coração, e não a mente; mas o coração deve ser límpido para que sua irradiação seja curadora. A Hierarquia instrui por meio do coração, base sobre a qual a unidade mental se processa. Quando a voz do coração é escutada e prevalece, antagonismos desaparecem, pois para a sua realidade não existem limites pessoais.”  (Do livro “Glossário Esotérico”, pág. 94, Trigueirinho, Ed. Pensamento, 1994)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...