Testo


Namo Kuan Shih Yin Pu Sa
Fatima dos Anjos - Portal Arco Íris


Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris - Kuan Yin

domingo, 30 de julho de 2017

Verdadeira grandeza de quem somos

Verdadeira grandeza de quem somos
  
Uma vez que você se comprometa a desenvolver consciência da sua natureza Buda, inevitavelmente vai começar a ver diferenças na experiência do dia-a-dia. Coisas que geralmente te causam problemas aos poucos perdem o poder de te perturbar. Você se tornará intuitivamente mais sábio, mais tranquilo e com o coração mais aberto.

Você começará a reconhecer obstáculos como oportunidades para mais crescimento. E assim que sua ideia iludida de possuir limitações e vulnerabilidades gradualmente for se apagando, descobrirá nas profundezas de si a verdadeira grandeza de quem e o que você é.

O melhor de tudo é que, assim que você começa a ver seu próprio potencial, você também começará a reconhecê-lo em todos a sua volta. Natureza Buda não é uma qualidade especial disponível para uns poucos privilegiados. O verdadeiro marco de reconhecer sua natureza Buda é compreender quão comum ela na verdade é -- a habilidade de ver que toda criatura viva compartilha isso, embora nem todos reconheçam-na em si.

Então, ao invés de fechar seu coração às pessoas que gritam com você ou agem de alguma outra maneira prejudicial, você percebe que está se tornando mais aberto. Você reconhece que eles não são imbecis, mas pessoas que, como você, querem ser felizes e ter paz. Estão apenas agindo como imbecis porque não reconheceram sua verdadeira natureza e estão dominados por sentimentos de vulnerabilidade e medo.
Yongey Mingyur Rinpoche (Nepal, 1975 ~)

sexta-feira, 28 de julho de 2017

COMPREENDER E TRANSFORMAR AS EXPERIÊNCIAS DE FALTA

COMPREENDER E TRANSFORMAR AS EXPERIÊNCIAS DE FALTA
É com compaixão e graça que eu, Lady Kuan Yin, venho cumprimentá-los. Trago-lhes as energias da Deusa, dos Mestres Ascensos e a cura amorosa do Conselho do Carma, minhas energias estão integradas em todos esses aspectos do Criador. Hoje, apresento-me para orientá-los a fim de que reconheçam as questões centrais, as energias ou as percepções em seu ser, que necessitam ser transformadas para ajudá-los a continuar em seu processo ascensional na Terra. É um momento em que as energias que ancoram na Terra são extremamente potentes e poderosas. Consequentemente, é mais fácil para todos olhar profundamente para o seu ser a fim de criar a cura e as transformações necessárias. Contemplar o seu interior para observar a sua verdade e o que exige para se estar realinhado com o Criador é o mais belo processo que estimula o crescimento espiritual acelerado.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

O MANTRA DO HO’OPONOPONO

O MANTRA DO HOOPONOPONO
O mantra do Ho’oponopono é a repetição de quatro frases poderosas que ajudam a livrar o seu subconsciente de memórias e problemas que atrapalham a sua paz de espírito, trazendo a cura. São elas:

Sinto Muito. Me Perdoe. Eu te amo. Sou grato.

Quando você diz ‘Sinto Muito’ está assumindo a responsabilidade pelos seus atos e pensamentos e demonstrando a sua vontade de mudar.

Quando diz ‘Me Perdoe’, mostra-se arrependido pelo que já pode ter causado de mal e inicia-se o processo de limpeza.

Com ‘Eu te amo’ você confirma a energia positiva do processo, transmutando a energia bloqueada dos maus pensamentos e memórias para uma energia fluida que será liberada de você.

Por fim, quando diz ‘Sou grato’ expressa a gratidão e a fé que você tem neste processo de cura e libertação, agradecendo à Divindade por ele.

Você pode repetir esse mantra quantas vezes quiser ao longo do seu dia, mesmo quando estiver praticando outras ações, como trabalhando, estudando, se exercitando.

Não é preciso estar em um processo de meditação ou de relaxamento para proferir esse mantra, o ideal é que você mantenha esse pensamento durante todo o tempo, lembrando que a paz começa em você.

Fonte: http://www.wemystic.com.br/

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Buda da Medicina


Buda da Medicina

O Buda da cor Azul é o Buda da Medicina, que representa a compaixão ilimitada e a fonte das artes médicas no Budismo. Isto refere-se à cura de sofrimentos mentais ou físicos.

A cor azul representa a estabilidade e a simultaneidade. Quando o Buda fica desta cor ele apresenta o antídoto para cada doença. Ele tira a causa e os efeitos de cada doença.

O significado dele estar na posição de Lótus, é para indicar sua vontade de vencer todas a sombras humanas, de estar de vestes monádicas é o compromisso de libertar todos os seres de seus martírios e o de estar segurando um pote, é a de segurar um pote que tem o néctar do Dharma, o remédio mais profundo que vem por meio do conhecimentos dos próprios defeitos e transforma-los, das próprias qualidades e se valorizar, do conhecimento dos outros e da prática espiritual.

Seu mantra para curas é:
TAYATHA OM BEKANDZE BEKANDZE MAHABEKANDZE RANDZA SAMUDGATE SOHA

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Bodhichitta é a verdade essencial, universal.

Bodhichitta é a verdade essencial, universal.

Por Lama Tubten Yeshe
de Ensinamentos do Budismo Tibetano.

Esse pensamento puríssimo é o desejo e a vontade de levar todos os seres sensíveis à realização do seu mais elevado potencial: a iluminação.
O bodhisattva vê a natureza cristalina que há em cada um de nós e, ao reconhecer a beleza do potencial humano, sempre demonstra respeito.
Para a mente rude, seres humanos são como ervas, algo para ser usado. "Ah, ele não significa nada para mim. Os seres humanos não representam nada para mim."
Todos tentamos nos aproveitar dos outros, tirar proveito em causa própria. O mundo inteiro está construído sobre o apego. Países grandes oprimem países pequenos, crianças maiores roubam balas de crianças menores, maridos aproveitam-se de suas mulheres. Torno-me amigo de alguém porque essa pessoa talvez me seja útil. O mesmo acontece com o resto do mundo. Namorados, namoradas; todos querem alguma coisa.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

OS SETE ENSINAMENTOS DO LIVRO TIBETANO DO VIVER E DO MORRER

OS SETE ENSINAMENTOS DO LIVRO TIBETANO DO 
VIVER E DO MORRER
por Sogyal Rinpoche

Na história da humanidade, sempre houveram muitos documentos e instruções que foram descobertas, mas nós agora lidamos com um problema: qual deles seguir? Bem, isso, cada um de nós precisará decidir por qual destino gostaria de seguir. De qualquer modo, esses antigos Ensinamentos Tibetanos irão simplificar um pouco sua vida.
Muitos pesquisadores e filósofos já anotaram, escreveram e tipificaram o que eles achavam que deveria ser feito aqui e porquê estamos aqui, em primeiro lugar. Muitas pessoas, na Era do Transcendentalismo tentaram tornar a vida mais fácil, e destacaram as necessidades básicas da vida. É uma tendência que parece nunca diminuir, e há vários tons de diferentes algoritmos, criados para informar, no tocante a proposta de uma vida mais simples.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

O CAMINHO DO CORAÇÃO

“O que poderia ser a voz do coração? Como poderíamos reconhe­cê-la e acessá-la, em nossas experiências individuais? Quais são e de onde vêm as vozes que atualmente escutamos em nossas caminhadas por este planeta Terra? Certamente, que todos nós escutamos vozes. Sejam as nossas mes­mas ininterruptamente, ocupando as nossas mentes em análises e pen­samentos que preenchem grandes partes de nossas vidas. Sejam as que vêm do mundo externo, através dos outros seres humanos ou mesmo dos diversos elementos que compõem as realidades que vivenciamos. Há vozes fluindo por toda a nossa experiência terrestre.

Dizem alguns sábios, que mesmo no silêncio profundo há a presença da voz mais ele­vada da Fonte que tudo cria em comunicação permanente conosco. Precisaríamos reservar um bom tempo de nossas vidas para nos dedicarmos a um diagnóstico preciso sobre qual é a verdadeira voz de nossos corações.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...